segunda-feira, 9 de julho de 2007

Dr. Anastácio Gonçalves (1888-1965)

José Malhoa (1855-1933)
Retrato do Dr. Anastácio
Gonçalves
Óleo sobre tela
Ass e dat.: José Malhoa, 1932
Inv.: CMAG 322


1888, 2 de Outubro – Nasce António Anastácio Gonçalves em Alcanena no seio de uma família burguesa.


1913 – Licencia-se em Medicina em Lisboa, tendo sido igualmente estudante em Santarém e Coimbra (ensino secundário?).


1914 – Inicia a especialização em oftalmologia no Instituto de Oftalmologia de Lisboa, como 2º assistente do Prof. Gama Pinto. – Nomeado Sub-Delegado de Saúde Substituto de Lisboa.


1915 – Nomeado Guarda-Mor de Saúde do Porto de Lisboa.– Nomeado Sub-Delegado de Saúde Substituto de Lisboa.


1918 – Integrou, como tenente médico miliciano, o corpo de tropas expedicionárias portuguesas na Flandres, tendo-se distinguido pelas suas qualidades de coragem e sentido da responsabilidade, na batalha de La Lys.


Anos 30 – Regência de cadeiras do curso de Medicina SanitáriaAnos 30– Nomeado Inspector-Chefe de Sanidade Marítima e Internacional.


Anos 30 – Professor nos cursos de Epidemologia e Medicina Sanitária.


Anos 30 – Partilha o consultório em Lisboa, com o Prof. Fernando da Fonseca (foi, então médico de Calouste Gulbenkian).


1932 – Adquire, em hasta pública, a Casa-Malhoa na então Avenida António Maria d’Avellar, em Lisboa.


1960 – Realiza diversas viagens das quais se destaca uma viagem pelo Iraque, Pérsia e Turquia. No entanto, uma epidemia de cólera na região impede-o de visitar Ardebil. Em Istambul, visitou no Topkapi Saray Museum a magnífica colecção de cerâmica chinesa.


1965 – Realiza uma segunda viagem à Rússia para visitar o Museu do Ermitage (já aí tinha estado anteriormente mas num dia feriado sem poder visitar o museu).


1965, 14 de Setembro – António Anastácio Gonçalves morre durante a viagem a S.Petersburgo (Leninegrado).

1 comentário:

ciudadano liberto disse...

É bom saber de gente ilustre, nascida em Alcanena...